Tô desejando: Roupas sociais [Zaful]


Quem me acompanha no Instagram viu que essa semana eu fui para Brasília participar do congresso da CACB (Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil). Antes de ver a programação eu já sabia que ele seria “mais sério” comparado aos congressos da Federaminas (Federação das Associações Comerciais de Minas Gerais) que já participei.

Até ai tudo bem, porque já tinha em mente o que iria levar. Porém, a preocupação começou quando recebi a programação e vi que alguns palestrantes eram de outros países e que, o presidente da república iria fazer a abertura (não, ele não foi). Bateu um pouco de desespero porque eu tenho poucas roupas sociais (trabalhar com uniforme da nisso), mas no final consegui levar peças bacanas, confortáveis e que atendiam ao dress code do evento.


“Mas Gabi, porque você não comprou roupas sociais para levar?” Primeiro porque me propus a ficar 2018 sem comprar roupa e segundo porque queria economizar, já que sabia que tinha algumas peças.
Acredito que não é só que eu que passa por isso, então decidi trazer uma wishlist de roupas sociais para inspirar quem está na busca de uma calça que foge do tradicional (preto, risca de giz, azul marinho e branco), blazerscom recorte diferente, vestidos, blusas, entre outros.

Selecionei as peças do site da loja chinesa Zaful, porque eles têm uma variedade de produtos, entregam no Brasil e estão dentro do Méliuz.






Há, eles também estão disponibilizando um frete grátis a partir de $5,99 (dólares) e o cupom de desconto " ZFjaned4" nas compras a até $25 você ganha $3 de desconto, nas de $50 ganha $6 e a partir de $100 ganha $12 de desconto.

Itens criativos para a decoração


Quem me acompanha sabe que em fevereiro eu fui morar sozinha e desde então estou na saga “decoração da casa nova”. Também compartilhei que muito dos itens ainda não comprei, porque em breve o Roberto vem pra Minas e junto com ele também vem a mudança. Mas tirando os itens grandes (geladeira, máquina, armário, guarda-roupa..), já tenho planejado como que vai ser cada cômodo e quais itens de decoração combinam com o ambiente.


Decorar não é uma atividade fácil (quem já passou por isso, sabe do que estou falando), ainda mais quando você vai dividir a casa com o boy e sabe que é preciso ter o toque dos dois no novo lar. Uma das coisas que eu o Roberto combinamos (falta só falar pra ele hahahaha) é que vamos utilizar itens criativos para compor os espaços e uma das lojas que trabalha bem esse nicho, é a Gorila Clube.

O site possui uma infinidade de produtos e você ainda tem a comodidade de comprar pela internet. E como a empolgação pra decorar a casa está alta, selecionei alguns itens bem bacanas que deixam a sala, quarto e cozinha com um toque especial.




Os itens preferidos são quadro de rolha de vinho e os quadros de super-heróis e com certeza vão fazer parte da decoração. Agora eu quero saber de vocês, o que acharam dos objetivos?
Há, pra quem quiser conhecer mais sobre a Gorila Clube (ela é brasileira), podem acessar o instagram, a página do facebook ou o Google +. Eles sempre postam as últimas novidades.

beijos, beijos

3 sites para te ajudar a organizar as finanças


“Gabi, posso te fazer uma pergunta pessoal?”
“Claro”
“Quando que você ganha?”

Quando me fizeram essa pergunta respondi na hora (sem excitar) quanto que ganhava. Na época eu ganhava bem, estava com as minhas finanças em dia e estava feliz com o valor que ganhava. Hoje, a realidade financeira está (bem) diferente e para que eu consiga voltar a ter estabilidade financeira, estou em um constante aprendizado de como gerenciar melhor os meus gastos.


Eu sei que ninguém gosta de falar de dinheiro, principalmente no meio feminino, mas esse é um tema que precisa muito ser introduzido nas nossas conversas. Vergonha, medo do que os outros vão pensar ou auto sabotagem. Infelizmente esses são alguns dos sentimentos que acabam nos acometendo e faz com que – muitas vezes – a gente não toque no assunto.

Depois que sai da casa da minha mãe (2012) passei a prestar mais atenção no meu dinheiro, aprendi a administra-lo de acordo com a atual situação e quero trazer mais posts sobre o assunto para o blog. Como dica boa precisa ser compartilhada, hoje vou indicar três blogs (and canais) que são os meus guias para uma vida financeira cada vez mais saudável.

Me poupe!

Como do mais novo para o mais antigo, a Nath do Me poupe! foi o último canal que conheci e que clareou a minha visão sobre tipos de investimento, como analisar as contas, formas de ganhar uma grana extra e etc. Alguns dos pontos que me prendeu logo no primeiro vídeo que assisti foi que ela é jornalista, tem o fator mulher falando de dinheiro e a Nath explica de forma clara e descontraída o que é educação financeira. E, recentemente, ela lançou o livro Me Poupe! 


Finanças Femininas

O Finanças Femininas foi o primeiro site sobre vida financeira para mulheres que comecei a acompanhar. O objetivo é oferecer ferramentas para ajudar a mulherada a tomar decisões mais certeiras no dia a dia. A Carol Sandler é a fundadora do site e além do www, ela também lançou um livro e cartão virtual, ambos com o mesmo nome do site.




Morando Sozinha

A Fran, do Morando Sozinha, eu conheci depois que me mudei pra Ouro Preto. Os textos são bem didáticos e descobri, recentemente, que uma das que ela ensina para guardar dinheiro (técnica do envelope) eu já utilizava em alguns projetos (contei nesse vídeo). O Morando Sozinha também é ótimo para quem está dividindo casa com outras pessoas e pra quem está no processo de ter um espaço só seu.



O que eu mais gosto nos três é que eles têm um objetivo em comum, promover a independência financeira das mulheres e o empreendedorismo feminino. E a última dica é, passem a acompanhar cada um deles a vida financeira de vocês nunca mais vai será a mesma.

Há, e deixem nos comentários os sites/canais/blogs sobre finanças que vocês acompanham.

beijos, beijos

Dando uma chance para a astrologia


“O que diz o meu signo?” Todo mundo, em algum momento, já fez essa pergunta para alguma amiga que tinha em mãos uma revista Capricho ou Todateen. Eu já fiz (e muito) e sempre quando ouvia o que o meu signo tinha para dizer naquele mês, nascia uma chama de que algo diferente iria acontecer. Ao mesmo tempo que tinha a curiosidade para saber o que os astros reservavam para mim, por outro, não levava a sério nada naquilo. Alguns anos se passaram e com isso a minha concepção do que os signos representam também foi mudando. E sim, eu resolvi dar uma chance para a astrologia.



Fazendo uma rápida pesquisa, astrologia significa estudo, arte ou prática de decifrar a influência dos astros no curso dos acontecimentos terrestres e na vida das pessoas. Com o meu interesse pelo assunto, além de começar a ler sobre ele eu também decidi fazer o meu mapa astral para tentar entender o que cada casa significa. Não é um trabalho fácil (ainda mais pra quem é leigo), e você passa entender o que significa o Sol no signo, qual é a influência de Marte, qual é o seu ascendente, como que você se relaciona na área de projetos com pessoas de Touro, entre diversas outras coisas.  

Quem despertou o interesse em conhecer mais sobre o assunto, foi a Isabella Mezzadri (vale a pena acompanhar o IG dela) que é astróloga e sempre trás em suas publicações coisas como as previsões da semana, dicas de como devemos passar o período de Mercúrio retrogrado, quais são os dias que devemos ter mais cautela com as finanças e quais são os dias do mês mais propícios para mudanças no visual.



Uma coisa que aprendi é que astrologia não está ligada a religião e que ela pode, até, ser uma aliada na hora de interpretar uma passagem da bíblia, por exemplo. A astrologia serve como uma ajuda para o autoconhecimento, já que ela fala sobre os diversos setores da vida (financeira, familiar, trabalho, amor).

O que quero com o post de hoje, é fazer com que você se permita conhecer e entender as coisas que você olhava com “olhar torto” e a astrologia é um dos assuntos que ouvimos muito e que muitas vezes sabemos (quase) nada.

Comecei a pesquisar alguns livros para comprar, mas quero saber de você que se interessa pelo do assunto, qual livro/site/instagram recomenda?

beijos, beijos