Blogs e sua evolução: do diário virtual ao espaço de opinião

Um dos momentos que eu mais tenho inspiração, principalmente para escrever, é quando estou estudando, seja na sala de aula ou online. E em uma das aulas do mestrado (fiz uma disciplina isolada no ano passado) discutimos a evolução da mídia, como que ela se dá e como que uma mídia antiga origina uma nova e como uma mídia nova pega um recurso de uma outra mídia, para incorporar na atual.

No caso dos blogs, as plataformas foram se aperfeiçoando ao longo do tempo e o seu uso foi sendo modificado. O que antes era usado como um diário virtual, passou a ser um espaço de compartilhamento e dicas de como foi uma viagem, qual foi o resultado de um produto que usou, cobertura de evento que a blogueira foi convidada, entre outros.

O ato de blogar deu um salto tão grande, que hoje ela é considerada como profissão (alguns ainda vão descordar desse título), é possível ganhar dinheiro com ela e o nome blogueira ganhou outras denominação: produtora de conteúdo, influencer e digital influencer. E o mais incrível é que as empresas, marcas e demais mídias foram (estão) se adaptando a essa mudança.


Como qualquer outra atividade ter um blog requer dedicação e comprometimento, ainda mais se você quer fazer desse espaço o seu trabalho. E enganasse quem pensa que o blog é uma mídia que ficou estagnada ou que vai morrer. Pra mim, essa mídia vai continuar viva por muitos e muitos anos, ainda mais que, comparado com Instagram e Youtube, o texto sempre estará presente no universo do www e já as fotos e vídeos que publicamos, podem ser banidas, apagadas ou até mesmo a rede social ser excluída (alô Orkut).

Hoje, o blog é um local de compartilhamento que unido as outras redes abriu uma porta pública da vida privada de cada um. Ele é um espaço onde a escrita predomina, seja através de uma resenha ou de um artigo e de um espaço que vem se reinventado a partir dos seus usuários, que buscam constantemente novas formas de monetizar o seu conteúdo, fazer uma venda de uma forma "não venda", falar sobre determinado assunto e de ter novas funcionalidades para o blog.

#Livro: Do It - Do pensamento à ação

"Olha lá a menina que anda com um livro no braço". É com essa frase que eu quero que as pessoas na rua se refiram a mim, porque, sim, eu ando com livro na mão e amo compartilhar com quem está rua (e vem falar comigo, claro) sobre o livro que estou carregando.

Esse ano estou lendo três livros ao mesmo tempo. Um que levo na bolsa pra ler no ônibus, outro pra ler em casa e outro pra ler antes de dormir. Como não confundir as histórias? Pego livros com temas distintos e com níveis diferentes de complexidade.

O segundo título terminado em 2019 é sobre gestão empresarial "Do it: Do pensamento à ação, faça acontecer na sua empresa" e ele reúne a história de 12 empresários que compartilham dicas, processos e visão estratégica que usam/usaram na construção e consolidação da suas empresas.



Do It trás mais histórias inspiradoras do que "faça isso e terá esse resultado", mas você consegue ter alguns insights de procedimentos que pode começar a adotar e de pontos que valem a pena compartilhar com a equipe de trabalho.

Mesmo o livro tendo um foco em gestão estratégica, qualquer pessoa que não trabalhe com empresas consegue fazer proveito dele, porque cada empresário, em seu capítulo, fala sobre um tema (a força das parcerias, planejamento estratégico, gestão financeira, vendas com valor agregado, entre outros) e leitor consegue trazer para a sua realidade.

No meu caso, como a maioria dos empresários do livro são de Minas já anotei o nome de alguns pra linkar com algumas atividades da Associação. E também, dentro do meu trabalho, eu destaquei alguns pontos pra aplicar nos treinamentos de equipe que planejo junto com a minha gestora.
Abaixo segue a relação dos coautores.



Das empresas que estão no livro, tenho certeza que uma delas vocês já ouviram falar, a Mary Kay. Mas e as demais? Alguém já tinha ouvido falar?

Para quem tiver interesse no livro ele pode ser solicitado no site da Cia dos Livros.

beijos, beijos