O que ando lendo, vendo e aprendendo sobre dinheiro

Quanto você ganha? Como anda a sua vida financeira? Você faz um planejamento de quanto quer ganhar ao ano? E você, conversa sobre dinheiro com os outro?

Das quatro perguntas acima acredito que a mais difícil é a última, porque falar sobre dinheiro (até para os mais próximos) nem sempre é algo fácil. Eu, por exemplo, não tenho (tanta) vergonha de falar quanto que ganho ou se não vou fazer tal atividade por falta de dinheiro, mas esse é um processo de superação diário e de entendimento (interno) de que eu estou fazendo o que posso com o que ganho e que não devo me sentir envergonhada ou menor, por recusar festas, cinemas, shows e tantas outras saídas por não tem dinheiro.

É algo que eu queria que melhorasse? Com certeza e desde o ano passado venho trabalhando para organizar minhas finanças, ter estabilidade nas contas e começar a poupar para ter uma liberdade financeira. Esse é um caminho de aprendizagem continua e no post de hoje vou compartilhar com vocês o que eu tenho feito nos últimos meses e que vem dando certo.


No âmbito da leitura, pela internet, toda matéria que fala sobre finanças eu estou lendo, mas gosto de acompanhar o Finanças Femininas. Já de livro físico, li recentemente o livro Me Poupe! 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso, da Nathália Arcuri que me mostrou que poupar não é só diminuir gastos ou colocar o valor do investimento nas contas do mês, mas também que poupar está ligado com o nosso autoconhecimento e crenças.

Assistindo, eu acompanho o canal do Finanças Femininas e o Me Poupe com destaque para vídeos sobre investimento e renda extra. Sobre investimentos, mês passado comecei a aplicar no RDC - Longo DCI, pelo Sicoob que é um investimento de baixo risco, não tem prazo de retirada (mas se retirar com menos de 30 dias você não consegue ver o rendimento dele) e se equipara ao Tesouro Selic.

Uma das coisas que venho trabalhando é a gratidão e a não preocupação (em escala excessiva) com as contas no início do mês. Eu sei e eu acredito que Deus não vai deixar que falte dinheiro para pagar as principais contas e a comida de todos os dias. E esse exercício de agradecer o que eu tenho hoje e manter o pensamento positivo, tem me deixado mais calma nos últimos e primeiros dias do mês.

São pequenas atitudes e pequenas mudanças que tem feito com que eu passasse a cuidar melhor do meu dinheiro, montasse um planejamento do quanto quero ganhar no ano e quais são as coisas (viagens e cursos) que quero para 2019.

E ai, vamos conversar mais sobre dinheiro?

beijos, beijos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário