10 lugares para viajar na primavera

Entramos na primavera no dia 22 de setembro e em muitas cidades do país as temperaturas altas já se fazem presente. Aqui em Ouro Preto, alguns dias já amanhecem com sol e céu azulzinho, e em outros a chuva toda conta do dia (essa é uma época que chove bastante aqui). 

Pra quem gosta de flores, do clima da primavera e do calor, já deve está pensando nas férias de dezembro e janeiro e planejando para qual lugar irá. Como eu também sou do time que adora colocar o pé na estrada, fui atrás das cidades que mais são procuradas (através de agências), entre o período de setembro e março.



Eu vivo planejando mentalmente várias viagens, tanto que a minha lista de lugares para conhecer vai aumentando a cada temporada. Fiz uma busca no site da CVC e visitei uma Agência de viagens de Mariana (MG), para saber quais são os lugares mais procurados nesse segundo mestre e trago 10 destinos para você já começar a planejar a viagem de final ou começo de ano.

Região Sul 

1. Joinville
É uma das principais cidades produtoras de flores e plantas ornamentais de Santa Catarina. Em novembro acontece a festa das flores e a região dos campos floridos é um dos atrativos, nessa época.

2. Gramado
Durante a primavera é possível ver as lavandas florescerem no parque Le Jardin e de novembro a janeiro acontece o Natal de Luz, que é referência em festa natalina que gera encantamento nas pessoas.

3. Nova Petrópolis
Localizada na Serra Gaúcha (perto de Gramado), a cidade mantêm suas ruas e praças sempre floridas tanto que é conhecida como Jardim da Serra Gaúcha. A origem da população é alemã e eles preservam a cultura através da dança, culinária, artesanato, arquitetura, entre outros.

4. Curitiba
Conhecida como uma das cidades que mais têm parques ao céu aberto, ir para Curitiba significa estar no meio do verde na maior parte do tempo. Por estar localizada no sul, a temperatura máxima (no verão) pode chegar a 27º e fazendo uma rápida pesquisa pela internet, vi que essa é uma época que também mais chove. Então, galocha, guardar-chuva ou capa de chuva vão te fazer companhia durante os passeios.

5. Beto Carrero Worl
Se você gosta de parque de diversão tem que conhecer o Beto Carrero Worl, é o famoso "voltar a ser criança". Tem atrações para agradar a todos (show, passeio em família, infantil ou radical), por altura e por área temáticas.



Região Sudeste 

6. Holambra
A cidade das flores (como é conhecida) fica em Campinas a 135km de São Paulo e é a responsável por produzir 45% das flores do Brasil. Em setembro aconteceu a Expoflora, evento que reuni milhares de pessoas.

7. Atibaia
A 1 hora de São Paulo (carro), Atibaia oferece várias opções de passeios sejam elas em contato com a natureza, resort, hotéis ou chácaras. Pra quem gosta de caminhada e esportes radicais, tem o passeio até a Pedra Grande e o Teleférico com altura de 550 metros. E no mês de setembro acontece a Festa de Flores e Morangos que atraia todos os anos milhares de pessoas.

Região Nordeste 

8. Porto Seguro
O Nordeste é uma região a parte, porque toda época do ano faz calor e vale muito a pena conhecer. Porto Seguro é um desses lugares e durante a primavera as temperaturas médias ficam entre 21ºC e 28ºC. Mesmo sendo litoral, recomendo conhecer o Centro Histórico (adoro conhecer museus e feirinhas) e reservas indígenas que têm na região.

9. Porto de Galinhas
Situado em Pernambuco, Porto de Galinhas atrai todos os anos milhares de turistas e a primavera, entre os meses de setembro e novembro, é uma das épocas recomendadas para conhecer a cidade. As temperaturas não estão tão altas (média de 26ºC), menos turistas transitando e preços mais acessíveis.

10. Aracaju
E um dos lugares que eu já fui e recomendo, é Aracaju. A cidade em si não é tão bela, mas as praias, a receptividade das pessoas é muito boa. Viajei pra Aracaju no inicio de novembro e as praias e os passeios não estavam tão lotados, a temperatura estava amena (até pensei que ia voltar bronzeada hahaha) e os gastos não ultrapassaram R$1.600 (4 dias). Nesse post eu conto quanto que custou a viagem, fazendo um comparativo com o planejamento por conta própria e via agências. E nesse post tem dicas da onde ficar e comer.


Viu que opções de lugares é que não faltam na hora de escolher para onde vai viajar. E uma coisa que sempre recomendo é planejar, independente se a viagem é longa ou curto, porque não tem nada mais chato do que ficar pensando nas contas ou nos problemas, ao invés de estar curtindo o local.