#Livro: A Grande Jogada, Claude Cueni


Eu não costumo comprar muitos livros pela capa, mas quando compro (até o momento) nunca me decepcionei com as escolhas. O livro A Grande Jogada é um deles. Comprei achando que era a história de um filme, mas quando comecei a ler vi que não tinha nenhuma relação.

A Grande Jogada, de Claude Cueni conta a história de como o sistema papel-moeda foi introduzido na Europa e como que ele recuperou a saúde financeira da França. O livro também mostra o poder que a economia tem um país e como que, a partir de um jogo de cartas, pode-se ensinar conceitos da matemática.

Tanto filmes quanto livros que retratam outros séculos, prendem a minha atenção. Nos livros, eu imagino cada cena e cada gesto que o personagem está falando e me transporto para aquele ambiente. E no caso de A Grande Jogada, o que mais me encantou é que a história é verídica e o leitor, mesmo não entendendo nada de economia, entende perfeitamente o livro e o impacto que o dinheiro teve naquela época e que continua tendo.


Sinopse: Nascido em Edimburgo em 1971, ainda jovem John Law desperdiça nas mesas de jogo toda a fortuna herdada do pai. Bonito e sedutor, deixa dezenas de maridos aliviados quando é expulso do país depois de um duelo que resultou na morte do adversário. Durante a fuga por uma Europa destruída pelas décadas de guerra. Law tem a ideia de desvincular a emissão de moeda dos metais preciosos, cada vez mais escassos. Surge o papel-moeda.

Quando chaga à França, seu plano não encontra apoio, pois Luís XIV não vê mérito nas ideias extravagantes do escocês protestantes. Após a morte do Rei Sol, no início do século XVIII, o duque d’Orléans, recém-nomeado regente, é seduzido pela possibilidade de solucionar as imensas dívidas do Estado com a impressão de células, e nomeia Law ministro das Finanças.

Em 1976, ele funda o Banque Royale e, pela primeira vez, emite papel-moeda. A iniciativa é um sucesso, o comércio floresce e John Law acumula uma fortuna que o torna o primeiro milionário do seu tempo, talvez o homem mais rico de todos os tempos, mas acaba sucumbindo mais uma vez ao vício do jogo e ignora os conselhos de não imprimir dinheiro para arcar com sua vida desregrada.

Há, e se você também ficou interessada em comprar o livro ele está em promoção na Amazon.

beijos, beijos
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário