Cortar o cabelo, seria um ato de coragem?

Em todas as minhas mudanças capilares (e olha que foram muitas), as pessoas sempre me diziam "nossa,  mas como você é corajosa" e eu acabei me questionando - e também aos outros - sobre esse tal ato de coragem. 

Eu sei que um corte de cabelo pode mudar drasticamente a fisionomia de uma pessoa, e até as atitudes dela. Também acredito que uma mudança capilar vem carregada de desejos e daquela vontade de mudar. Ai eu faço novamente a pergunta, um corte de cabelo é um ato de coragem ou as pessoas que estão acomodadas? 


Conversando com algumas amigas fiz essa pergunta e foi uma coisa unanime, todas acham que um corte de cabelo é um ato de coragem. Elas disseram que a questão da cor pode até entrar em alguns momentos, mas que ainda conseguimos reverter o resultado. Já o corte, não tem como colar o cabelo de volta e a única solução é esperar que eles cresça ao tamanho desejado. 

Depois de muito refletir sobre isso, acabei concordando que realmente um corte de cabelo é um ato de coragem. O problema é que não sei se todas as vezes que mudei o meu corte eu estava sendo corajosa ou foi algo de impulso, só sei que toda mudança no visual vem com algo novo na minha vida. 

Acho que essa minha relação capilar começou desde quando eu era criança, porque a minha mãe arrumava os meus cabelos todos os dias de uma forma diferente, e querendo ou não conforme eu ia crescendo eu mesma comecei a inventar penteados em mim mesma. E até nas amigas. Aprendi a fazer escova sozinha, trancinha (tererê para alguns), trança embutida, pintar e até a cortar. A partir dai já da para imaginar o tanto de coisa que já fiz no meu cabelo. 



O "ato de coragem" dos cortes foram sendo introduzidos aos poucos na minha vida capilar e com eles algo sempre vinha acontecendo, uma mudança de espírito ou uma nova fase da minha vida. Primeiro namorado, técnico de secretariado, segundo namorado, ingresso na faculdade, intercâmbio e planos para o futuro. 

É complicado explicar através das palavras como que é essa mudança interna, como que eu me renovo. Mas quem quiser dar um up na vida, ver as coisas mudarem - para melhor, claro -, vá cortar o cabelo. E quando eu digo corta o cabelo é corta mesmo, nada de "só as pontinhas" ou "corta dois dedos", é um corte radical, pode ser inspirado em alguém ou simplesmente deixar nas mãos do cabeleireiro. O importante é que essa mudança também venha de dentro, lá do seu interior de querer fazer algo diferente, de querer algo diferente pra sua vida. 

E para as amantes do curtinho, tem uma pasta no Pinterest só de cortes curtos para se inspirar. 

Beijos, beijos

Um comentário:

  1. Já tive o cabelo curto, e adorei!! Agora ele esta médio kk
    Ficou linda !! Arrasou!! beijos!!
    Sucesso!
    Beijos!

    Obs: Comentei de novo o primeiro não foi kkk bjssssss!

    ResponderExcluir