Tem uma nova rotina dentro de uma rotina forçada

Impossível não falar da quarentena, durante o atual momento. Estou a todo tempo buscando novos conteúdos para trazer pra cá, mas às vezes fico pensando se não será algo fútil, sem importância ou totalmente desconectado com o que estamos vivendo. E ai, fica esse hiato de posts no blog, dias seguidos sem postar no instagram e nem um "oi" estou dando nos stories.

Eu, você e todas as pessoas do mundo tivemos que criar uma nova rotina dentro de uma rotina forçada e a única certeza que temos (até o momento) é que a antiga rotina vai demorar para voltar e que o que temos que fazer é #ficaremcasa e se adaptar.

Do lado de cá, alguns dias tem sido bons, outros "normais" e outros que a vontade de ficar deitada no sofá ou na cama, falam mais alto. Mas, como compartilhei nesse post, que no meio de todo esse caos muitas coisas boas aconteceram comigo e eu tive que reorganizar os meus horários, pra poder dar conta de todas as tarefas, ter um tempo para mim e ainda descansar. 




Se você ainda não sabe, agora eu tem dois empregos fixos (CLT) + três clientes de social media + o blog/canal/instagram + uma coluna de finanças em um portal que sou colaboradora, que será lançado no mês que vem. Ufa! Eu sei, muita coisa para desenvolver dentro de 24 horas.

No final de abril, compartilhei nos meus stories que ia começar a acordar 5 horas da manhã, porque a minha rotina ia mudar e já queria acostumar o corpo. Pois bem, não estou conseguindo, efetivamente, acordar às 5 horas porque estou trabalhando em home office no emprego novo e como entro às 7 horas, se eu levantar 30 minutos antes não tem problema hahahaha. 


Mas como sei que a quarentena não vai durar para sempre e que vou ter que acordar às 5 horas da manhã, desde o início de maio mudei os meus horários e mudei a forma de elencar as prioridades do dia. 

NOVA ROTINA

A minha nova rotina está divida em três blocos (manhã, tarde e noite), sendo: 

Manhã: Rádio (07:00 às 12:00) - Montar a playlist da manhã e dar uma estudada sobre rádio

12:00 às 14:00 - Almoçar e fazer alguma tarefa de casa 

Tarde e início da noite: ACEOP (14:00 às 20:00) - Escolho até cinco atividades principais que sei que precisam de resposta imediata 

Noite: Outros/Blog (20:00 às 22:00): E aqui é quando eu vou fazer as atividades de social media, terminar de escrever um post para o blog, ver os meus email, etc.

Sextas, sábados e domingos: Já compartilhei que nas sextas-feiras começo a planejar o conteúdo da semana seguinte e isso eu não faço só com o blog, faço também com alguns clientes de social media. Crio a programação do instagram, crio legendas, crio artes do canal e materiais complementares para os clientes. Gosto de fazer isso nos fins de semana, porque é quando me desconecto do celular e ai a mente fica mais fresca para criar.

E todos os dias às 22 horas eu desligo a internet do meu celular, mesmo que precise ficar com o notebook ligado. Só o ato de não ver o whatsaap e o instagram antes de dormir, tem melhorado muito o meu sono.

Não vou falar que tem sido uma rotina maravilhosa, porque ainda estou me adaptando ela. Mas dessa forma eu tenho sido mais produtiva e consigo passar para outra atividade, só depois que finalizei uma. 

E se passou pela sua cabeça "Mas Gabe, e como você tem tempo para o autocuidado, para o boy, para a Saori com essa agenda?" e a minha resposta é "tirando momentos do dia para ficar com eles". Claro que tem dias que a atenção é minima, mas estou conseguindo dosar a quantidade de tempo que fico trabalhando com a quantidade de tempo que fico com eles. 

E não, eu não dou conta de tudo. Eu só defino a cada dia no vou dar atenção e quando não da para concluir tudo, tento não me culpar. Ah, e você também não precisa se culpar se não está dando conta de tudo.

beijos, beijos