#Experiência: Primeira compra online da China


Sempre ouvi amigas e primas falando sobre comprinhas em sites da China, abordando quais são os melhores produtos para comprar, tempo de entrega, valores e etc. E se fizermos uma pesquisa rápida no google, encontramos diversos blogs e vídeos sobre o assunto.

Eu adoro comprar pela internet, mas ainda não tinha me aventurado a comprar em sites internacionais, como por exemplos o Aliexpress (um dos mais conhecidos). Confesso que alguns dos motivos foram por conta da insegurança (será que é confiável? será que não vou perder dinheiro?), tempo de espera para a compra chegar, o produto não chegar ou ele vir de tamanho diferente (no caso de roupas).

{foto: We Heart It}
Mas eis que, no começo do ano comecei a fazer parceria com uma loja da China, a Zaful, e eu pensei “porque não comprar algo deles e ver como funciona”? Para essa compra eu tive um crédito de $30 (trinta dólares) e o frete foi por conta da loja.

Em meio a tantas opções de roupas, escolhi um conjuntinho de calça e top ciganinha, e um baby doll vermelho. Após a escolha dos produtos o prazo de entrega era de 2 a 5 semanas e, sim, chegou no prazo.


As peças vieram dentro de um saquinho com zíper (ótimo para levar nas viagens), o pacote não foi violado e as roupas ficaram ótimas no corpo. Quanto ao tecido, ele é gostoso, mas dá para sentir que tem muito pouco de algodão. Quanto ao conjuntinho, acredito que o top poderia vir com um mais justo em baixo e por cima o mais soltinho.

Por ser a primeira compra em uma loja da China, eu gostei bastante ainda mais porque já tinha trabalhado com eles. No site da Zaful vocês conseguem conferir as roupas e acessórios que eles vendem, e também é possível fazer a compra em real. Assim você já sabe quanto que vai dar a compra.

Quem já é acostumada a comprar em lojas da China, quais sites usam? E quais dicas tem para compartilhar?

beijos, beijos

Como utilizar os pontos do cartão de crédito


Economizar dinheiro é algo que todo mundo adora, principalmente se for com coisas mais caras como passagens aéreas e fatura do cartão. E mais que anotar as despesas ou gastar pouco, é importante buscar os benefícios que você tem ao usar o cartão de crédito ou comprando em determinado site.

Algumas pessoas ainda desconhecem que todo cartão oferece pontos (a partir do valor da fatura) e que dá para fazer muitas coisas com eles. No post de hoje, vou mostrar algumas trocas que dá para fazer com os pontos acumulados no cartão e em outros programas.


Como até hoje eu só tive dois cartões de créditos de bancos diferentes, então vou me ater a eles. O Santander possui o Santander Espera aonde, além de mostrar o extrato, tem a relação dos produtos e a quantidade de pontos necessária para a troca. No período que fique com o cartão do Santander, acabei não trocando os meus pontos porque não vi nada atrativo.

Já com o Sicoob (atual banco), tive a impressão que acumulei pontos mais rápidos e que eles oferecem produtos mais atrativos, como crédito em reais na da fatura do cartão, na conta da previdência ou na conta capital. Fala se não é o máximo? Eu já troquei os meus pontos duas vezes para crédito na fatura do cartão. E fora esses benefícios, o Sicoob também parceria com a Azul e com lojas para troca dos pontos em produtos da casa, beleza, moda, entre outros.

E os pontos das companhias aéreas?

Os pontos acumulados nas viagens servem tanto para trocar por passagens ou por pacotes (hotel+passagens). E sim, dá para utilizar eles. Eu tenho cadastro na Multiplus (Latam) e a última viagem de avião que fiz para São Paulo foi com a troca dos pontos, devo ter pago no máximo R$20 referente as taxas.

Outro programa de benefícios que participo é o Smiles (Gol) e depois que a empresa fechou parceria com a Uber, eu só transfiro os meus pontos pra eles. A primeira vez que troquei foi no valor de R$40 e deu para cobrir a distância da casa do Roberto (quando ele morava em SP) até o local da formatura de uma amiga. E a segunda vez, utilizei em BH. E quando não há o valor total da viagem de crédito, você pode completar com o dinheiro a quantia que faltar.

Nunca esquecer de..

Se cadastrar no programa de pontos do cartão de crédito, das companhias áreas e de todas as outras que existem por aí, não é perda de tempo, pelo contrário, é uma forma de economizar, ter novas experiências e ter um retorno dos gastos que você teve. Por isso, nunca esqueça de:

#1: Buscar e, caso tenha, cadastrar o cartão de crédito no programa de pontos

#2: Conhecer quais os produtos que dá para trocar e qual é a pontuação mínima

#3: No caso das companhias áreas. Busque qual é o programa de milhas que ela tem e sempre que viajar cadastre a viagem

#4: Procure se na sua cidade tem algum programa de pontos diferente, como o Dotz que não tem em todas as cidades e cadastre

#5: Troque os pontos, não deixe que eles vençam

Viu como é fácil? Pode demorar um pouco para atingir a quantidade de pontos necessários para trocar pelo produto ou serviço que você deseja, mas não é impossível.

Quais são os programas de pontos que vocês utilizam?

beijos, beijos