#GabinaColômbia: Gastos, moeda e cédula de identidade

Uma das coisas que sou é organizada, ainda mais se for pra fazer algo grande como uma viagem. Mas confesso que não me programei para realizar o intercâmbio - só sabia que queria fazer -, e agora estou tendo que me policiar com que ando gastando.


Moeda

Para quem não sabe a moeda daqui é o peso colombiano. Comparado com o real e com o dólar, ele é uma moeda muito desvalorizada. Para vocês terem uma noção, mil peso colombiano é o que equivale a R$1,10 e 100 dólares dá, mais ou menos, 240 mil pesos.

Uma das primeiras coisas que eu reparei quando cheguei aqui, são os valores das coisas. Tudo é barato, roupas, sapatos, comida, táxi, ônibus, entre outros. E uma das coisas que tem os preços parecidos com o do Brasil, são os cosméticos.

Gastos

Como eu não tinha nenhum dinheiro reservado, a única coisa que me salvou foi a bolsa da universidade que eu continuo recebendo. Não é muita coisa, mas da pra minha mãe me enviar USD 100 (dólares), que dá mais ou menos $240 (mil pesos colombianos).

Não ter muito dinheiro até que tem as suas vantagens, porque, de uma forma ou de outra, eu aprendo a ser mais econômica e gastar com as coisas certas. Claro, que as vezes a vontade de gastar fala mais alto e acabo comprando um livro, um creme, esmalte...

Aqui em Monteria, a minha média de gastos está em torno de $200. Só esse mês que eu gastei o dobro porque tive que pagar a cédula de estrangeira. Fora isso estou conseguindo me conter hahahaha. Uma das coisas que eu faço no Brasil e que também estou fazendo aqui, é juntar as moedas de valor alto e guarda-las para viajar ou fazer compras. No caso do Brasil, eu guardo para depositar na poupança (#dicadaGabi)

Os únicos gastos fixos que eu tenho aqui são da passagem de ônibus para a universidade e dos almoços de domingo. Aqui em Monteria (não sei se em toda a Colômbia é assim), domingo é o dia de descanso e as donas das pensões não cozinham ai eu, as outras brasileiras e as meninas que moram comigo, nos juntamos e fazemos algo.

Despesas com moradia, é a universidade que esta pagando.

Cédula de identidade

Semana passada eu contei sobre o que aprendi vivenciando, justamente sobre a retirada da minha cédula de identidade. Com ela eu não preciso mais andar com o meu passaporte e posso viajar por toda a Colômbia. Eu paguei em torno de $150 mil pesos colombianos, mas o preço dela varia de acordo com o preço do dólar.

O post de hoje foi mais para vocês terem uma noção de como eu estou me virando com o dinheiro, quais são os meus gastos, o que a universidade daqui paga e outras coisas. 

Beijos, beijos